Óleo Essencial de Gengibre

Zingiber officinale

Descrição

O Óleo Essencial de Gengibre é nativo da Ásia, é usado para aliviar dores reumáticas e baixar a febre. Por ser estimulante, o óleo é usado em banhos e massagens para aumentar a resistência a resfriados e gripes. Muito recomendado para distúrbios estomacais e digestivos. Alivia sintoma de flatulência e náusea.

"Atacadistas e Profissionais da área, temos preços especiais para vocês, entrem em contato clicando aqui."

PREÇO: 36,00 R$
EMBALAGEM: 10ml - (frasco de vidro)

Saiba Mais

Sobre o Óleo Essencial de Gengibre

O Gengibre, tal como tantas especiarias, é nativo da Ásia, crescendo originalmente na Índia e na China. Chegou à Europa através da “Rota das Especiarias” durante a Idade Média, e foi introduzido na América do Sul pelos conquistadores espanhóis. Na atualidade, é comercialmente cultivada em todas essas partes, bem como nas Antilhas e na África. É conhecido desde os tempos antigos, e suas aplicações medicinais e culinárias se confundem em grande parte. O óleo essencial é produzido a partir da raiz através de destilação à vapor, e tem uma coloração amarelo-clara, ligeiramente esverdeada, que se torna mais escura com o passar do tempo. Muitas pessoas que o cheiram pela primeira vez mostram-se surpresas ou mesmo decepcionadas, porque seu aroma não se assemelha àquele do gengibre seco ou em conserva com o qual estão familiarizadas em bolos e outros quitutes. Na verdade, seu cheiro é quase idêntico ao da raiz de Gengibre “verde” ou fresca. Seus principais componentes são a gingerina, o gingenol, a gingerona e o zingibereno. Na tradicional medicina chinesa, o Gengibre é usado para qualquer quadro em que o organismo não esteja processando de maneira eficaz a umidade, que aquela originada no próprio corpo que a externa. A diarréia e o catarro são exemplos de incapacidade de processar a umidade de origem interna, ao passo que o reumatismo e várias outras de nossas doenças de inverno são agravadas pela umidade externa, e as propriedades ígneas do Gengibre são usadas para combater esse quadro. É possível aliviar dores reumáticas através de massagens ou compressas, utilizando-se uma diluição baixa de óleo essencial, já que como o leitor pode bem imaginar, trata-se de um rubefaciente que, em altas concentrações, poderá irritar a pele. Para resfriados, gripes e diarréia, cólicas estomacais (digestivas ou de origem menstrual), a aplicação mais eficaz do Gengibre dá-se sob a forma de uma infusão (ou “chá”) feita a partir da raiz fresca. Devem-se cortar lascas bem finas da raiz de Gengibre e fervê-las em fogo brando por aproximadamente dez minutos, utilizando-se cerca de seis pedacinhos finos de uma raiz de espessura média para cada copo d’água. Um pouco de mel transforma a infusão em uma agradável bebida de inverno, usada na tradicional medicina chinesa como um preventivo contra as afecções típicas dessa estação. Ela mitiga náuseas e pode ser de grande ajuda para os enjôos em viagens e a “náusea matinal” das gestantes. Sem o mel, pode-se usar a infusão em gargarejos nos casos de inflamação da garganta. Um método alternativo consiste em acrescentar 2 gotas de óleo essencial de Gengibre a uma colher de chá de vodca e diluir a mistura em água quente.

O perfume inalado é calmante e confortante, especialmente se você estiver se sentindo solitário ou quando estiver viajando.

Susan Worwood

Em pequenas proporções, o óleo essencial de Gengibre mistura-se bem com vários outros, especialmente com os de laranja e limão. Pode-se acrescentar uma única gota a uma mistura a ser utilizada em massagens nos casos de artrite, reumatismo, dores musculares e fadiga. É destilado a vapor dos rizomas e raízes da Zingiber officinale. Tem um forte odor, produz uma sensação de calor e é usado como tal no comércio de perfumes para conferir “calor” ao produto final. O sabor é muito forte e picante. O perfume do óleo de Gengibre muitas vezes produzirá salivação e, portanto, pode ser usado para auxiliar no tratamento da anorexia. O óleo de Gengibre é amarelo-esverdeado e fica mais escuro com o passar do tempo. É estimulante para o organismo e as compressas podem ser usadas para reduzir febre e dor. Internamente, o óleo de Gengibre é usado para diarréia, dor de estômago ou superalimentação resultando em digestão dolorosa. É bom principalmente quando usado como bebida tônica (ferve-se a raiz em água ou uma gota de óleo em um copo d’água) após uma lauta refeição ou como tratamento para as indisposições decorrentes das diferenças de fuso horário após viagens aéreas (nesse caso, misturado com óleo de alecrim como estimulante). É maravilhoso quando usado para realçar o sabor. Externamente, o óleo de Gengibre é usado em compressas para artrite ou reumatismo ou dores no peito de resfriados ou gripes, dor de garganta ou gânglios inchados. Inalado o perfume é estimulante, abranda a confusão mental e é um perfume quente para “aquecer o coração”. O perfume inalado é calmante e confortante especialmente se você estiver se sentindo solitário ou quando estiver viajando. Um bom óleo para se ter na maleta de primeiros-socorros do viajante.