Óleos Vegetais

Os óleos vegetais na Aromaterapia são utilizados como carreadores, isto é, veículos de condução dos óleos essenciais em nosso corpo. Por serem os óleos essenciais altamente concentrados, recomenda-se sua diluição em um carreador.

Os óleos vegetais são gorduras extraídas das plantas: de sementes, grãos, nozes, castanhas, frutos e raízes. Possuem proteínas, vitaminas, sais minerais, são hidratantes, antioxidantes dentre muitas outras benéficas propriedades. Os óleos vegetais são utilizados desde a antiguidade e estavam intimamente ligados aos cuidados da beleza. Os ácidos graxos, que constituem os óleos vegetais fazem parte da estrutura da membrana celular de nosso corpo. O ômega 9 (ácido oléico), por exemplo, é produzido pelas glândulas de nossa pele.

Nosso cérebro é composto de 60% de ácidos graxos poliinsaturados. Já outros ácidos graxos não são sintetizados pelo nosso organismo, sendo necessário o seu consumo diário, como é o caso do ômega 3 (ácido alfa-linolênico) e o ômega 6 (ácido linoléico), que devem estar em equilíbrio.

Os óleos vegetais atuam na composição dos tecidos e da membrana celular, metabolizam hormônios, dentre múltiplos benefícios ao nosso corpo. Ao contrário dos óleos minerais, os de origem vegetal causam menos reações citotóxicas e alérgicas. Possuem outra característica também muito importante: são biodegradáveis, não poluem e nem agridem o meio ambiente. É importante destacar também que algumas características distinguem os óleos vegetais entre si, de acordo com suas propriedades.

A Phytoterápica possuí também uma linha exclusiva de óleos vegetais típicos do Brasil. A linha de óleos vegetais Phytoterápica é 100% natural, garantindo assim um tratamento sadio e eficaz.